Uma homenagem especial a David Howard

Por Michele Wiles, Co-Fundadora, Diretora Artística e Dançarina Principal do Ballet Next.

moulin rouge auditions

Para centenas de dançarinos, amantes do balé e alunos do balé, David Howard foi um professor, treinador, apoiador e amigo extraordinário. O Ballet Next e eu nos juntamos a todos aqueles que lamentam sua perda por sua morte prematura em 11 de agosto de 2013.

Conheci David em 2005, quando fui promovido a Dançarino Principal no American Ballet Theatre. Foi uma transição desafiadora para mim e sofri uma lesão nas costas que me impediu de jogar por seis meses. Foi nessa época que comecei a ter aulas com David e isso mudou minha vida. Nunca esquecerei a primeira coisa que ele me disse quando entrei no estúdio: 'Você é uma ótima dançarina ... solte!' Ele foi instintivo o suficiente para saber que para o artista em mim se desenvolver significava deixar a zona de segurança do meu treinamento.



Ficamos muito próximos e trabalhamos muito juntos de 2005-2010. Ele me permitiu fazer muitas perguntas difíceis e estava sempre lá com um comentário espirituoso, sem qualquer julgamento. Durante esse período, eu teria suas aulas duas vezes por dia - passaríamos horas e horas em um estúdio na Metropolitan Opera House trabalhando nos balés que eu faria naquela temporada.

professor mestre de balé

David Howard

Eu tive muitos ensaios em minha carreira com mestres de balé e coreógrafos extraordinários, mas ter um ensaio com David foi diferente. Para mim, os ensaios de David foram uma jornada através das camadas de um papel ... tudo sobre o processo. Apenas sua presença na frente da sala me fez querer levar meu trabalho a um nível superior.

Claro, nem tudo foi trabalho com David. Muitas vezes jantávamos no Upper West Side após o ensaio e ele se deliciava com histórias sobre dançarinos famosos com quem havia trabalhado, os teatros de Londres, ópera, tênis e as adversidades durante a guerra. Ele repetia essas histórias indefinidamente, mas elas nunca envelheciam ... Eu amei todas elas! Nós ríamos alto.

Depois que saí da ABT e comecei o Ballet Next, é claro que perguntei a David se ele seria nosso professor mestre. Tenho o prazer de dizer que ele aceitou e pudemos compartilhar as delícias e decepções de mais uma fase da dança.

Acho que David foi um professor de balé brilhante porque ele nunca forçou nada, mas permitiu que o processo evoluísse em seu próprio tempo. Ele se conectou a mim como dançarino de uma maneira que eu nunca havia experimentado. Nossa colaboração nunca foi sobre a técnica, mas sobre dar espaço para crescer como pessoa, como artista. “Vá para um lugar mais alto”, ele exigia regularmente. Talvez clichê fora de contexto, mas na hora e local exatamente o que eu precisava ouvir. Este era seu gênio. Eu descobri um caminho mais elevado em sua classe ... algo que nunca será totalmente substituído.

David era mais do que um professor. Ele também era um grande amigo. Jamais esquecerei e sempre acalentarei minhas lembranças de sua bondade, generosidade de espírito e energia perspicaz.

Caro David, sua falta será sentida.

Foto (topo): David Howard, mestre do balé, ensaiando com Michele Wiles. Foto cedida pelo Ballet Next.

Compartilhar isso:

American Ballet Theatre , Ballet Next , aula mestre de dança , professor de dança , David Howard , Metropolitan Opera House , Michele Wiles

Recomendado para você

Recomendado