Chloe Campbell leva Chicago em ‘Hamilton’

Chloe Campbell em ensaio para

O nome Chloe Campbell lembra alguma coisa? Dance Informa entrevistou esta beldade britânica em março passado, ao fazer sua estréia na Broadway em Tuck Everlasting . Muita coisa pode mudar em seis meses. Tuck infelizmente fechado após menos de 40 apresentações. Mas isso é showbiz, garoto. E assim mesmo, Campbell estava de volta ao trabalho de audição com milhares de outros dançarinos em Nova York. Mas seu talento e tenacidade valeram a pena quando ela foi escalada para a primeira companhia fora da cidade de Hamilton . Nós conversamos com Campbell, que assume o papel de intimidante como um swing, depois que ela recentemente celebrou a abertura do show em Chicago em 19 de outubro.º.

Você viu Hamilton Em Nova Iórque? Qual foi sua primeira impressão do show?

Nos bastidores em

Nos bastidores de ‘Hamilton’ Chicago. Foto cortesia de Chloe Campbell.



'Eu vi mesmo Hamilton Na Broadway! Quando eu vi, fiquei encantado com os detalhes do show - na música, nas letras e na coreografia. É estimulante em todos os sentidos. E eu sou um grande fã de hip hop, e as batidas desse show me mataram! A musica é então Boa. Como alguém que não cresceu aprendendo a história americana, tudo era novo e fascinante para mim. Eu não sabia exatamente quem foram os pais fundadores, ou seu papel na formação da América. Ver isso contado por um elenco que se parece com a América de hoje realmente tornou as coisas tão relevantes para os problemas que estão ocorrendo agora. ”

danser à travers les états-unis

Como foi o processo de audição?

“Foi um dia cansativo. Este show requer muita resistência e, além disso, grande atenção aos detalhes, então tenho certeza que eles queriam ver como lidamos com um longo dia com muitos estilos diferentes de dança. Para o meu papel de swing, ser capaz de dominar o movimento rapidamente é importante e sinto que essa habilidade foi testada no processo de audição também. O teste foi um dia de dança e fui chamado de volta para cantar. Eu tinha feito duas audições anteriores para Hamilton (na Broadway), então fui chamado um pouco mais tarde para passar por esse processo. ”

Você é um swing para Hamilton . Você pode explicar o que isso significa? Quais são as características de um bom swing e quais são os benefícios e desafios do trabalho?

“O swing é a espinha dorsal de qualquer empresa. Eu gosto de dizer que eles são os heróis anônimos de um show! Eu nunca tinha sido um swing antes, então para mim foi um desafio novo e emocionante. Sempre apreciei o quão difícil era o papel de um swing, mas nunca soube o quão difícil até me tornar um! Um balanço tem que aprender tudo os papéis do conjunto no show. Se alguém se machuca, fica doente ou tem férias, então o balanço entra em ação. Em um show como Hamilton , é especialmente difícil como um swing, já que o show dura duas horas e 45 minutos, e o conjunto fica no palco a maior parte desse tempo. Raramente dois membros do conjunto fazem a mesma coisa, então eu tive que aprender uma faixa de cada vez para que meu cérebro não se confundisse combinando faixas. Acho que a principal característica que faz um bom balanço para este show é a atenção aos detalhes. O movimento precisa ser uma segunda natureza, e a intenção do movimento precisa ser algo que esteja em seu corpo. Para este show, um swing está sempre pensando no espaçamento, no suporte que você precisa, no levantamento que você está realizando e em que cadeira está segurando. Se a essência do movimento não está em seu corpo, você não pode se concentrar em todos os outros elementos do palco.

O benefício do trabalho como um swing é que às vezes posso sair e assistir ao show. Normalmente, quando estou em um show, realmente não tenho ideia do que o público está vendo. Você apenas faz seu show, mas nem sempre sabe o que os outros artistas estão trazendo para a mesa, como o público está reagindo e como o show geral se parece. Mas como um swing, quando não estou, posso assistir ao show e comemorar o quão incríveis são os performers e o show. eu amar isso sobre o meu trabalho! Eu adoro ver as pessoas crescerem e descobrirem coisas novas sobre seus personagens e interações com outras pessoas no palco. Eu também gosto disso, como um swing, posso fazer todas as diferentes partes do conjunto. Posso ter experiências diferentes quando continuo porque estou vendo o show de ângulos diferentes e interagindo com pessoas diferentes.

Meu principal desafio é manter minha resistência quando não estou no palco. Tenho que treinar na academia todos os dias e fazer exercícios de fisioterapia para garantir que tenho fôlego e força para o show. Seu corpo não se acostuma com esse lado quando você não está fazendo o show oito vezes por semana. ”

Como você descreveria a coreografia do show? Alguma aula, professor ou treinamento em particular o preparou para esse tipo de dança?

‘Hamilton’ Chicago. Foto cortesia de Chloe Campbell.

danse de Broadway

“A regra número um para esse tipo de coreografia é sempre dançar com intenção. Isso foi ensinado a nós desde o início dos ensaios. A coreografia de Andy Blankenbuehler sempre tem significado, então, se você se atentar para o significado, as etapas virão. Tem uma grande influência do hip hop. Eu cresci dançando em um grupo de hip hop quando era mais jovem, então esse estilo realmente joga com meus pontos fortes. Além disso, tenho um treinamento sólido de balé na faculdade, e a técnica também é uma grande parte do show. Você precisa ser muito forte, especialmente para todo o trabalho de parceria. É um show desafiador de se apresentar, então quando você tem uma boa técnica básica, isso o ajudará a se manter forte em seu desempenho. ”

Qual é a sensação de fazer parte de talvez um dos musicais mais inovadores da história?

“Eu me sinto extremamente sortudo por fazer parte desse show. Acho que, como artistas, estamos sempre lutando entre sermos artisticamente realizados e precisarmos ganhar a vida. Muitas vezes, em um programa de sucesso comercial, você nem sempre é pressionado artisticamente e isso se torna apenas um 'trabalho'. Dentro Hamilton , Tenho orgulho de dizer que estou realizado como artista. Sou desafiado todos os dias. Você pode continuar fazendo este show e em um ano perceber que havia algo que você perdeu - perceber que uma letra significava isso, ou que aquela peça musical tinha essa influência. É preenchido até a borda com detalhes. Às vezes fico confuso com os detalhes. É por isso que me tornei um artista: para estimular os sentidos das pessoas e entusiasmar as pessoas. Este show certamente faz isso! ”

Você recentemente fez sua estreia na Broadway em Tuck Everlasting . Tuck foi um novo trabalho, mas infelizmente de curta duração. Agora você está indo para um sucesso certificado. Tenho certeza que os ingressos já estão esgotados! Como este projeto atual difere daquele ou de outras experiências anteriores?

festival du film pour enfants bam

“Bem, é bom saber que tenho algum tipo de segurança pelo menos por um tempo! É o que eu estava dizendo antes - a luta do artista é real, e estar em algo que é comercialmente bem-sucedido e ainda é artisticamente gratificante dificilmente acontece. É difícil com um novo show. Todos colocam seu coração e alma para criar algo, e você não tem ideia se isso vai sobreviver ou não. Recebemos críticas incríveis para Tuck . Foi um show tão doce e lindo ... mas ainda assim falhou. Não há rima ou razão para isso. E tão rapidamente quanto você estava empregado, você fica desempregado. E então estamos de volta à rotina! ”

Dance Informa entrevistou você há alguns meses. Como você cresceu tanto como artista quanto como pessoa desde sua estreia na Broadway?

Chloe Campbell nos bastidores em

Chloe Campbell nos bastidores em ‘Hamilton’ Chicago. Foto cortesia de Campbell.

“Como eu cresci? Bem, eu estou no negócio há mais de uma década, então eu cresci muitas vezes, eu sinto. Acho que uma coisa é que me mudei de Londres para Nova York e sonhava estar na Broadway. E…. Eu fiz isso! Então eu acho que meus sonhos mudaram, ou se transformaram. Estou fazendo coisas que nunca pensei ser possíveis! Estou apenas grato e estou deixando a vida me levar aonde me levar. Eu não espero muito. Estou mais confiante em quem sou como artista e nunca vou deixar de me esforçar para ser melhor! ”

O que você está esperando em Chicago?

audition de la compagnie de ballet de Houston

'O inverno. Estou brincando! Já está ventando muito. Já estou aqui há um mês e adoro como é limpo em comparação com Nova York. A arquitetura é linda e estou animado para explorar todos os bairros. Ah, e a comida é incrível! ”

Para ingressos para Hamilton Chicago, em cartaz no The PrivateBank Theatre até 17 de setembro de 2017, vá para www.hamiltonbroadway.com/chicago.php .

Por Mary Callahan de Dance informa.

Foto (topo): Chloe Campbell ensaiando 'Hamilton'. Foto cortesia de Campbell.

Compartilhar isso:

Andy Blankenbuehler , Broadway , Chicago , Chloe Campbell , coreografia , Hamilton , Hamilton Chicago , Londres , Musical , Teatro musical , Cidade de Nova York , Balanço! , The PrivateBank Theatre , Tuck Everlasting

Recomendado para você

Recomendado